Receitas mais recentes

O anúncio gráfico da PETA foi banido dos ônibus de Londres

O anúncio gráfico da PETA foi banido dos ônibus de Londres



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Não recomendamos a nenhum leitor sensível rolar para baixo

istockphoto.com

O anúncio brinca com nosso amor por cães e nossa tendência a comer carne.

Animado para comer presunto no jantar de feriado? PETA quer deixar você enojado por servir carne em seu prato. O anúncio, que mostra a cabeça de um cachorro sendo servido em um elaborado prato de festa, foi considerado muito "ofensivo" para ser veiculado e imediatamente removido de todas as rotas.

A PETA, por outro lado, considera seu anúncio "alimento para reflexão", de acordo com uma postagem recente de blog, e considera as ações do sistema de ônibus de Londres uma resposta "vergonhosa e confusa". “Os londrinos são bombardeados com anúncios de venda de cadáveres de perus”, disse a PETA em um comunicado para tentar justificar sua própria fotografia chocante.

O anúncio mostrado pode ser gráfico para alguns espectadores, portanto, role com cuidado. Ele apresenta "cabeça de cachorro vidrada e assada em uma bandeja" ao lado do texto "Se você não comeria seu cachorro, por que comer um peru? Comece uma nova tradição. Torne-se vegano. ”

Todos os anúncios veiculados nos sistemas de trânsito do Reino Unido estão abaixo do Código CAP, um padrão de publicidade em todo o país. O código afirma que os anúncios “não devem causar medo ou angústia sem motivo justificável” e que os profissionais de marketing devem evitar o uso de afirmações ou imagens chocantes para atrair mais atenção.

A PETA sente que tem uma razão justificável. “O que é realmente ofensivo não é o anúncio, mas sim matar pássaros gentis - que têm a mesma capacidade de sentir dor que os cães com quem dividimos nossas casas - por um momento fugaz de sabor”, afirmou a postagem do blog.

Se a PETA odeia esse anúncio, apostamos que ela odeia esses 9 países que ainda comem cães e gatos.