Receitas mais recentes

Chocolate amplo francês de Asheville: uma fábrica de chocolate de bairro que vale a pena conhecer

Chocolate amplo francês de Asheville: uma fábrica de chocolate de bairro que vale a pena conhecer



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

“Sugerimos que você tome seu tempo e aborde isso com todos os seus sentidos.”

Esta foi a pequena mensagem em um pedaço de papel em uma seção intitulada "Notas sobre o sabor" dentro da barra de cacau 100 por cento que recebi do co-proprietário do French Broad Chocolate de Downtown Asheville, Jael Rattigan, que dirige a empresa com seu marido Dan. Em uma tarde recente, tive a oportunidade de sentar e conversar com ela no French Broad Chocolate Lounge no centro de Asheville.

É raro você conhecer o dono de uma fábrica de chocolate, que no final da entrevista lhe dá uma barra de cacau 100% e uma barra de leite maltado de presente.

French Broad tem uma mágica local agradável com algumas pessoas muito boas fazendo essas delícias, e eu passei alguns dias conversando com muitas delas.

O French Broad Chocolate Lounge, onde eles oferecem serviço de mesa desde o outono de 2017, tinha uma cauda de clientes serpenteando pela Pack Square quando eu o visitei (também acontece de ser um dos restaurantes mais verdes da América). A alguns quilômetros de distância, sua fábrica no bairro de South Slope produz 18 toneladas de chocolate por ano. Mas a demanda rápida requer uma nova instalação de 12.000 pés quadrados, que será capaz de produzir cerca de 70 toneladas por ano, “com potencial para mais no futuro quando adicionarmos mais equipamentos”, apontou Jael. “Não podemos acompanhar. A demanda é muito alta. ” Eles se mudarão para uma fábrica maior na Riverside Drive nesta primavera.

A atual fábrica de South Slope também produzirá sorvete e terá um pequeno café.


“Ter o French Broad River, profundamente simbólico de nossa conexão com as fontes de nossa comida na linha de visão de nossa nova fábrica”, observa o co-proprietário Dan Rattigan, “e estar entre a comunidade criativa de RAMP Studios, é um bom presságio para perceber nossa grande oportunidade. ”

A maioria das cidades não tem fábricas de chocolate como Asheville, mas minha cidade é um tipo diferente de lugar.

Eu havia visitado a French Broad Chocolate Factory pela primeira vez há muitos anos, quando você podia entrar na sala de produção por conta própria. Era um prédio que já foi um tijolo laranja, do tipo que você poderia encontrar em uma rua secundária na Bélgica.

Entre minha segunda e terceira turnês, conheci Jael pessoalmente. Mesmo nesse curto espaço de tempo, o tijolo da fábrica atual foi pintado de azul bebê para combinar com a cor das barras vendidas. Pude observar essas pequenas mudanças acontecendo bem na minha frente.

Hoje em dia, o principal fabricante de chocolates, o dreadlock Evan Ackerman, pode ser visto dando passeios professores pelo local para multidões de turistas.

O café original, agora renascido como o palaciano Chocolate Lounge, era um café no térreo com um toque europeu. No entanto, à medida que cresceu, o French Broad Chocolate ainda consegue se concentrar na cultura local. Muito do chocolate da fábrica é usado no Chocolate Lounge. Você pode até ver o chocolate em donuts na esquina da Vortex. É usado por cervejeiros artesanais em certas bebidas de cerveja também.

A fábrica tem um lindo tutorial sobre o processo de fabricação de chocolate, onde você aprende palavras como conche e joeirar. No dia em que fiz minha segunda visita (antes da terceira, a oficial com Evan como guia), passei pelos confeiteiros e entrei em uma porta com algumas máquinas lindas. Tive de fotografá-los enquanto lançavam cascatas de chocolate líquido para baixo.


A chocolateira-chefe Sara Castillo teve um momento para falar comigo. "Eu amo isso aqui", disse ela, radiante. Mais tarde, ela me escreveu, acrescentando: “Dan e Jael realmente cultivaram uma cultura de inovação e estou ansiosa para explorar todas as oportunidades que esta nova instalação vai oferecer. Temos uma grande equipe de chocolaterias que são tão apaixonadas pelo que fazem, que anseiam por ter um espaço maior para essa paixão florescer, para que possamos continuar a trazer chocolate de qualidade para nossa comunidade. ”

De acordo com Jael, “começamos este negócio porque éramos apaixonados por chocolate, mas agora estamos nos descobrindo igualmente apaixonados pela oportunidade de ajudar as pessoas a alcançar seu potencial”.


Enquanto eu caminhava, vi várias espátulas penduradas em uma fileira, algumas manchadas de chocolate. Quem vai lamber isso, me perguntei?

Tijolos de chocolate estavam empilhados ao nosso redor. Na frente da fábrica, Evan palestrou para a multidão disposta. Eu olhei com ciúme, mas foi prometido um tour com ele no sábado mais tarde.

Muitos prédios antigos em Asheville têm uma longa história, e as instalações de South Slope costumavam ser uma fábrica de cigarros. A gerente geral da fábrica, Chloe Davidson, conversou comigo por alguns minutos, discutindo a necessidade de aumentar a produção de chocolate para acompanhar a demanda atual, tanto online quanto pessoalmente. “Agora também vendemos no Japão”, ela me disse.

Que outras coisas estão reservadas?

“Além de aumentar a produção”, continuou Davidson, “o novo espaço também nos permitirá lançar um novo programa de educação sobre chocolate com o qual alguns de nós sonhamos há anos! Não só teremos flexibilidade e espaço para oferecer mais passeios com mais frequência, mas também estaremos construindo uma sala de aula com cozinha totalmente nova. Isso nos permitirá oferecer muitos tipos de aulas, degustações e emparelhamentos ao público. Esperamos apresentar diferentes chefs locais de Asheville, bem como nossos próprios fabricantes de chocolate, confeiteiros e confeiteiros muito qualificados para dar aulas e espalhar a boa palavra sobre todos os tipos de chocolate. ”

Os proprietários Dan e Jael criaram um ethos aqui que trata tanto de um processo educacional quanto de chocolates incrivelmente saborosos e criativos. Na frente da fábrica, você pode provar o conteúdo de cacau de até 100 por cento, algo que você não vê todos os dias. Dei algumas mordidinhas e fiquei impressionado com a pouca amargura que havia. “Não há açúcar”, disse Davidson, “então é bom para gerenciar o teor de açúcar se você estiver cozinhando com ele”.

A maior parte do cacau vem da América Central, e há enormes frutos em forma de bola de futebol que você pode tocar. De certa forma, não parece uma fábrica, dado o toque caseiro e a atmosfera jovial. Eu estaria sorrindo também se eu pudesse comer esta bela guloseima todas as tardes.

Começar o novo espaço da fábrica do zero permitiu que eles “incluíssem o passeio a pé em nosso projeto de produção”, indicou Davidson. “Gosto de pensar na jornada de um hóspede seguindo a jornada de uma semente de cacau à medida que ela segue seu caminho através do crescimento, colheita, fermentação, refino, têmpera, moldagem e todo o caminho até o empacotamento e transporte.”

Também conheci brevemente Chris Scott, gerente de operações, contratado para a expansão da nova fábrica; ele trabalhou anteriormente para uma grande fábrica por 15 anos, onde apesar das muitas oportunidades, ele ainda se sentia um pouco como uma engrenagem. Ele estava passando correndo por mim para chegar a uma reunião, então ele me escreveu mais tarde por e-mail: “Na FBC, há um forte senso de família em que cada indivíduo tem um papel importante a desempenhar em nosso sucesso. Esse sentimento de família vai muito além das paredes do Lounge e da Fábrica também, de nossos fornecedores que fornecem nossos ingredientes principais aos clientes que vêm para saborear nossos doces. ”

Minha conversa individual com Jael veio alguns dias depois, então foi para o Chocolate Lounge, subindo a Biltmore Avenue e direto para a Pack Square. É algo a testemunhar com a sua atraente luz interior e arquitetura.

Para minha terceira e última turnê, apareci no sábado e ouvi Evan Ackerman falar e gesticular, usando um grande chapéu legal que saía da nuca e, pelo que sabíamos, continha uma cápsula secreta de cacau.

Você aprende factóides como o chocolate amargo que precisam estar acima de 50 por cento de cacau para se qualificar como puro, mas principalmente você ouve sobre o processo “feijão para barra” e a origem na América Central.

“A casca da semente parece uma amêndoa, mas tem gosto de sujeira”, destacou Ackerman, falando sobre a vagem do cacau. “As sementes eram culturais, até usadas como dinheiro.”

Como as vagens do cacau são densas, nada convidativas, e no feijão há uma toxina, o caminho para o chocolate envolve química pura. E que química é aqui na French Broad Chocolate.

A nova localização da fábrica de chocolate só abrirá na primavera, mas estou feliz que minha cidade tenha seu próprio Willie Wonka, cuja evolução eu testemunhei na última década, feliz em saber que crescimento nem sempre significa sacrificar um produto maravilhoso feito por pessoas impressionantes.

Como Davidson me disse: "É uma emoção mostrar às pessoas quantas mãos trabalharam naquela pequena trufa do início ao fim e, em seguida,‘ mastiga! ’Desapareceu em apenas algumas pequenas mordidas! Estamos animados, mal posso esperar para mostrar a todos o que estamos preparando. ”

Você prova algo que encanta nas barras de chocolate sazonais da cidade.

Está no chocolate quente do Chocolate Lounge também.

A fábrica pode estar se mudando deste pequeno prédio de tijolos para abraçar a expansão, mas também vale a pena lembrar que a empresa vai se agarrar ao atual espaço South Slope e transformá-lo em uma fábrica de laticínios. “Não estamos abandonando a encosta sul”, Ackerman me assegurou.

Quando a nova fábrica estiver instalada e funcionando, vou visitá-la novamente - meu quarto percorrer. Para, voce sabe, pesquisar.

Se procura motivos para comer chocolate preto todos os dias, pode encontrá-los aqui!


Um Foodie Local & # 8217s Take on Raleigh, NC

Esta semana & # 8217s Local & # 8217s Take foi trazido para nós por Molly Bouchon. Molly passou a infância descobrindo cada canto e recanto de Raleigh antes de se mudar para Columbia, SC, para estudar na Universidade da Carolina do Sul. Depois de se formar em dezembro próximo, Molly planeja explorar novos terrenos na Califórnia, possivelmente continuar blogando. Esperamos que você goste desta abordagem gastronômica & # 8217s em sua cidade natal, Raleigh!

Você ouviu a tia Josie & # 8217s assumir Raleigh, NC & # 8211, mas agora vou dar um passo adiante: um guia local para os restaurantes animados, deliciosos e requintados de Raleigh, Carolina do Norte.

Raleigh não é a capital da Carolina do Norte por qualquer motivo. Entre os bairros históricos, cultura vibrante e natureza cosmopolita dinâmica, Raleigh também é único em sua comida it & # 8217s. Agora, eu não me chamaria exatamente de um conhecedor de alimentos & # 8216, & # 8217, mas ao longo dos meus 21 anos em Raleigh, certamente aprendi uma ou duas coisas. Abaixo, forneci 5 recomendações de restaurantes e # 8211 uma combinação de cozinha clássica para combinar com minhas novas descobertas agressivas na capital. Aproveitar!

A meca
A Meca é uma empresa familiar que abriu suas portas pela primeira vez em 1930. Agora no coração de Downtown Raleigh, este restaurante ainda mantém as mesmas cabines de cerejeira e letreiros de néon que tinha no dia da inauguração. Este é realmente um autêntico pedaço da história combinada com a culinária sulista original. A Meca tem uma das melhores lasanhas de carne caseiras que já provei. Não acredita em mim? Experimente você mesmo!
Preço: $

Sitti
Um achado delicioso na área da Fayetteville Street de Raleigh é o autêntico restaurante libanês chamado Sitti, que significa & # 8216avó & # 8217 Na outra semana, minha família e eu fizemos um desvio para experimentá-lo & # 8211 todos saímos completamente impressionados e com a barriga cheia para combinar. Para começar, eu recomendo comer 1 ou 2 porções de queijo de cabra recheado com pimenta. Existem apenas 3-4 pimentas por porção, então sugiro pedir mais de uma. Além disso, existem aqueles bons! Como prato principal, pedi os espetinhos de camarão e cobri com um chicote de alho picante. Foi inacreditável. Toda a comida era saborosa e fresca, e o layout era incrivelmente convidativo. Uma prova obrigatória se você estiver procurando por uma reviravolta surpreendente.
Preço: $$

crédito da foto: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Localizado no edifício histórico do antigo jornal Raleigh Times de 1906, o novo e aprimorado Raleigh Times Bar agora oferece aos locais uma seleção de bares desejável e uma atmosfera noturna ainda melhor. O Raleigh Times transmite a sensação vintage completa com uma vista fenomenal do telhado de Downtown Raleigh. Se vier, não deixe de provar os famosos nachos de porco de churrasco. Este é facilmente um dos pratos mais apreciados em Raleigh.
Preço: $

The Angus Barn
Para alarde & # 8211, considere este o epítome de um jantar sofisticado em Raleigh. Se você gosta de um bom bife, vai adorar o Big Red Barn. Eu tenho comido no The Angus Barn desde que me lembro, e nenhuma vez me lembro de ter algo menos que fabuloso. Tudo o que você pedir será preparado com perfeição e sabor ainda melhor. Além da comida celestial, você também pode desfrutar de vários lounges ao redor do prédio para relaxar ou charutos, ou optar por dar um passeio ao redor do pavilhão e do lago atrás do celeiro. Angus Barn é a mistura perfeita de country e luxo & # 8211 definitivamente obrigatório!
Preço: $$

crédito da foto: The Angus Barn

O pit
Agora, o que Raleigh seria sem um churrasco? The Pit, localizado no Warehouse District, serve autêntico churrasco cozido no caroço todos os dias para fazer jus à sua tradição lendária. O The Pit não está apenas repleto de clientes fiéis, mas também de recém-chegados de todas as partes que ouviram a mídia movimentando-se do The Food Network ao Good Morning America. Com a mania da nova mídia, é fácil ver por que The Pit tem algumas das melhores fatias de carne de porco do estado. Você não pode errar com qualquer um dos sabores ou estilos de churrasco servido no The Pit. Certifique-se de verificar os & # 8220Happenings & # 8221 em seu site para os próximos eventos!
Preço: $$

crédito da foto: Southern Sustenance


Um Foodie Local & # 8217s Take on Raleigh, NC

Esta semana & # 8217s Local & # 8217s Take é trazido para nós por Molly Bouchon. Molly passou a infância descobrindo cada canto e recanto de Raleigh antes de se mudar para Columbia, SC, para estudar na Universidade da Carolina do Sul. Depois de se formar em dezembro próximo, Molly planeja explorar novos terrenos na Califórnia, possivelmente continuar blogando. Esperamos que você goste desta abordagem gastronômica & # 8217s em sua cidade natal, Raleigh!

Você ouviu a tia Josie & # 8217s assumir Raleigh, NC & # 8211, mas agora vou dar um passo adiante: um guia local para os restaurantes animados, deliciosos e requintados de Raleigh, Carolina do Norte.

Raleigh não é a capital da Carolina do Norte por qualquer motivo. Entre os bairros históricos, cultura vibrante e natureza cosmopolita dinâmica, Raleigh também é único em sua comida & # 8217s. Agora, eu não me chamaria exatamente de um conhecedor de alimentos & # 8216, & # 8217, mas ao longo dos meus 21 anos em Raleigh, certamente aprendi uma ou duas coisas. Abaixo, forneci 5 recomendações de restaurantes e # 8211 uma combinação de cozinha clássica para combinar com minhas novas descobertas agressivas na capital. Aproveitar!

A meca
A Meca é uma empresa familiar que abriu suas portas pela primeira vez em 1930. Agora no coração de Downtown Raleigh, este restaurante ainda mantém as mesmas cabines de cerejeira e letreiros de néon que tinha no dia da inauguração. Este é realmente um autêntico pedaço da história combinada com a culinária sulista original. A Meca tem uma das melhores lasanhas de carne caseiras que já provei. Não acredita em mim? Experimente você mesmo!
Preço: $

Sitti
Um achado delicioso na área da Fayetteville Street de Raleigh é o autêntico restaurante libanês chamado Sitti, que significa & # 8216avó. & # 8217 Na outra semana, minha família e eu fizemos um desvio para experimentá-lo & # 8211 todos saímos completamente impressionados e com a barriga cheia para combinar. Para começar, eu recomendo comer 1 ou 2 porções de queijo de cabra recheado com pimenta. Existem apenas 3-4 pimentas por porção, então sugiro pedir mais de uma. Além disso, existem aqueles bons! Como prato principal, pedi os espetinhos de camarão e cobri com um chicote de alho picante. Foi inacreditável. Toda a comida era saborosa e fresca, e o layout era incrivelmente convidativo. Uma prova obrigatória se você estiver procurando por uma reviravolta surpreendente.
Preço: $$

crédito da foto: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Localizado no edifício histórico do antigo jornal Raleigh Times de 1906, o novo e aprimorado Raleigh Times Bar agora oferece aos locais uma seleção de bares desejável e uma atmosfera noturna ainda melhor. O Raleigh Times transmite a sensação vintage completa com uma vista fenomenal do telhado de Downtown Raleigh. Se vier, não deixe de provar os famosos nachos de porco de churrasco. Este é facilmente um dos pratos mais apreciados em Raleigh.
Preço: $

The Angus Barn
Para alarde & # 8211, considere este o epítome de um jantar sofisticado em Raleigh. Se você gosta de um bom bife, vai adorar o Big Red Barn. Eu tenho comido no The Angus Barn desde que me lembro, e nenhuma vez me lembro de ter algo menos que fabuloso. Tudo o que você pedir será preparado com perfeição e sabor ainda melhor. Além da comida celestial, você também pode desfrutar de vários lounges ao redor do prédio para relaxar ou charutos, ou optar por dar um passeio ao redor do pavilhão e do lago atrás do celeiro. Angus Barn é a mistura perfeita de country e luxo & # 8211 definitivamente obrigatório!
Preço: $$

crédito da foto: The Angus Barn

O pit
Agora, o que Raleigh seria sem um churrasco? The Pit, localizado no Warehouse District, serve autêntico churrasco cozido no caroço todos os dias para fazer jus à sua tradição lendária. O The Pit não está apenas repleto de clientes fiéis, mas também de recém-chegados de todos os lugares que ouviram a mídia zumbir desde The Food Network até Good Morning America. Com a mania da nova mídia, é fácil ver por que The Pit tem alguns dos melhores carne de porco desfiada do estado. Você não pode errar com qualquer um dos sabores ou estilos de churrasco servido no The Pit. Certifique-se de verificar os & # 8220Happenings & # 8221 em seu site para os próximos eventos!
Preço: $$

crédito da foto: Southern Sustenance


Um Foodie Local & # 8217s Take on Raleigh, NC

Esta semana & # 8217s Local & # 8217s Take foi trazido para nós por Molly Bouchon. Molly passou a infância descobrindo cada canto e recanto de Raleigh antes de se mudar para Columbia, SC, para estudar na Universidade da Carolina do Sul. Depois de se formar em dezembro próximo, Molly planeja explorar novos terrenos na Califórnia, possivelmente continuar blogando. Esperamos que você goste desta abordagem gastronômica & # 8217s em sua cidade natal, Raleigh!

Você ouviu a tia Josie & # 8217s assumir Raleigh, NC & # 8211, mas agora vou dar um passo adiante: um guia local para os restaurantes animados, deliciosos e requintados de Raleigh, Carolina do Norte.

Raleigh não é a capital da Carolina do Norte por qualquer motivo. Entre os bairros históricos, cultura vibrante e natureza cosmopolita dinâmica, Raleigh também é único em sua comida & # 8217s. Agora, eu não me chamaria exatamente de um conhecedor de alimentos & # 8216, & # 8217, mas ao longo dos meus 21 anos em Raleigh, certamente aprendi uma ou duas coisas. Abaixo, forneci 5 recomendações de restaurantes e # 8211 uma combinação de cozinha clássica para combinar com minhas novas descobertas agressivas na capital. Aproveitar!

A meca
A Meca é uma empresa familiar que abriu suas portas pela primeira vez em 1930. Agora no coração de Downtown Raleigh, este restaurante ainda mantém as mesmas cabines de cerejeira e letreiros de néon que tinha no dia da inauguração. Este é realmente um autêntico pedaço da história combinada com a culinária sulista original. A Meca tem uma das melhores lasanhas de carne caseiras que já provei. Não acredita em mim? Experimente você mesmo!
Preço: $

Sitti
Um achado delicioso na área da Fayetteville Street de Raleigh é o autêntico restaurante libanês chamado Sitti, que significa & # 8216avó & # 8217 Na outra semana, minha família e eu fizemos um desvio para experimentá-lo & # 8211 todos saímos completamente impressionados e com a barriga cheia para combinar. Para começar, eu recomendo comer 1 ou 2 porções de queijo de cabra recheado com pimenta. Existem apenas 3-4 pimentas por porção, então sugiro pedir mais de uma. Além disso, existem aqueles bons! Como prato principal, pedi os espetinhos de camarão e cobri com um chicote de alho picante. Foi inacreditável. Toda a comida era saborosa e fresca, e o layout era incrivelmente convidativo. Uma prova obrigatória se você estiver procurando por uma reviravolta surpreendente.
Preço: $$

crédito da foto: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Localizado no edifício histórico do antigo jornal Raleigh Times de 1906, o novo e melhorado Raleigh Times Bar agora oferece aos locais uma seleção de bares desejável e uma atmosfera noturna ainda melhor. O Raleigh Times transmite a sensação vintage completa com uma vista fenomenal do telhado de Downtown Raleigh. Se vier, não deixe de provar os famosos nachos de porco de churrasco. Este é facilmente um dos pratos mais apreciados em Raleigh.
Preço: $

The Angus Barn
Para alarde & # 8211, considere este o epítome de um jantar sofisticado em Raleigh. Se você gosta de um bom bife, vai adorar o Big Red Barn. Eu tenho comido no The Angus Barn desde que me lembro, e nenhuma vez me lembro de ter algo menos que fabuloso. Tudo o que você pedir será preparado com perfeição e sabor ainda melhor. Além da comida celestial, você também pode desfrutar de vários lounges ao redor do prédio para relaxar ou charutos, ou optar por dar um passeio ao redor do pavilhão e do lago atrás do celeiro. Angus Barn é a mistura perfeita de country e luxo & # 8211 definitivamente obrigatório!
Preço: $$

crédito da foto: The Angus Barn

O pit
Agora, o que Raleigh seria sem um churrasco? The Pit, localizado no Warehouse District, serve autêntico churrasco cozido no caroço todos os dias para fazer jus à sua tradição lendária. O The Pit não está apenas repleto de clientes fiéis, mas também de recém-chegados de todos os lugares que ouviram a mídia zumbir desde The Food Network até Good Morning America. Com a mania da nova mídia, é fácil ver por que The Pit tem algumas das melhores fatias de carne de porco do estado. Você não pode errar com qualquer um dos sabores ou estilos de churrasco servido no The Pit. Certifique-se de verificar os & # 8220Happenings & # 8221 em seu site para os próximos eventos!
Preço: $$

crédito da foto: Southern Sustenance


Um Foodie Local & # 8217s Take on Raleigh, NC

Esta semana & # 8217s Local & # 8217s Take é trazido para nós por Molly Bouchon. Molly passou a infância descobrindo cada canto e recanto de Raleigh antes de se mudar para Columbia, SC, para estudar na Universidade da Carolina do Sul. Depois de se formar em dezembro próximo, Molly planeja explorar novos terrenos na Califórnia, possivelmente continuar blogando. Esperamos que você goste desta abordagem gastronômica & # 8217s em sua cidade natal, Raleigh!

Você ouviu a tia Josie & # 8217s assumir Raleigh, NC & # 8211, mas agora vou dar um passo adiante: um guia local para os restaurantes animados, deliciosos e requintados de Raleigh, Carolina do Norte.

Raleigh não é a capital da Carolina do Norte por qualquer motivo. Entre os bairros históricos, cultura vibrante e natureza cosmopolita dinâmica, Raleigh também é único em sua comida it & # 8217s. Agora, eu não me chamaria exatamente de um conhecedor de alimentos & # 8216, & # 8217, mas ao longo dos meus 21 anos em Raleigh, certamente aprendi uma ou duas coisas. Abaixo, forneci 5 recomendações de restaurantes e # 8211 uma combinação de cozinha clássica para combinar com minhas novas descobertas agressivas na capital. Aproveitar!

A meca
A Meca é uma empresa familiar que abriu suas portas pela primeira vez em 1930. Agora no coração de Downtown Raleigh, este restaurante ainda mantém as mesmas cabines de cerejeira e letreiros de néon que tinha no dia da inauguração. Este é realmente um autêntico pedaço da história combinada com a culinária sulista original. A Meca tem uma das melhores lasanhas de carne caseiras que já provei. Não acredita em mim? Experimente você mesmo!
Preço: $

Sitti
Um achado delicioso na área da Fayetteville Street de Raleigh é o autêntico restaurante libanês chamado Sitti, que significa & # 8216avó & # 8217 Na outra semana, minha família e eu fizemos um desvio para experimentá-lo & # 8211 todos saímos completamente impressionados e com a barriga cheia para combinar. Para começar, eu recomendo comer 1 ou 2 porções de queijo de cabra recheado com pimenta. Existem apenas 3-4 pimentas por porção, então sugiro pedir mais de uma. Além disso, existem aqueles bons! Para meu prato principal, pedi os espetinhos de camarão e cobri com um chicote de alho picante. Foi inacreditável. Toda a comida era saborosa e fresca, e o layout era incrivelmente convidativo. Uma prova obrigatória se você estiver procurando por uma reviravolta surpreendente.
Preço: $$

crédito da foto: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Localizado no edifício histórico do antigo jornal Raleigh Times de 1906, o novo e aprimorado Raleigh Times Bar agora oferece aos locais uma seleção de bares desejável e uma atmosfera noturna ainda melhor. O Raleigh Times transmite a sensação vintage completa com uma vista fenomenal do telhado de Downtown Raleigh. Se vier, não deixe de provar os famosos nachos de porco de churrasco. Este é facilmente um dos pratos mais apreciados em Raleigh.
Preço: $

The Angus Barn
Para alarde & # 8211, considere este o epítome de um jantar sofisticado em Raleigh. Se você gosta de um bom bife, vai adorar o Big Red Barn. Eu tenho comido no The Angus Barn desde que me lembro, e nenhuma vez me lembro de ter algo menos que fabuloso. Tudo o que você pedir será preparado com perfeição e sabor ainda melhor. Além da comida celestial, você também pode desfrutar de vários lounges ao redor do prédio para relaxar ou charutos, ou optar por dar um passeio ao redor do pavilhão e do lago atrás do celeiro. Angus Barn é a mistura perfeita de country e luxo & # 8211 definitivamente obrigatório!
Preço: $$

crédito da foto: The Angus Barn

O pit
Agora, o que Raleigh seria sem um churrasco? The Pit, localizado no Warehouse District, serve autêntico churrasco cozido no caroço todos os dias para fazer jus à sua tradição lendária. O The Pit não está apenas repleto de clientes fiéis, mas também de recém-chegados de todas as partes que ouviram a mídia movimentando-se do The Food Network ao Good Morning America. Com a mania da nova mídia, é fácil ver por que The Pit tem algumas das melhores fatias de carne de porco do estado. Você não pode errar com qualquer um dos sabores ou estilos de churrasco servido no The Pit. Certifique-se de verificar os & # 8220Happenings & # 8221 em seu site para os próximos eventos!
Preço: $$

crédito da foto: Southern Sustenance


Um Foodie Local & # 8217s Take on Raleigh, NC

Esta semana & # 8217s Local & # 8217s Take foi trazido para nós por Molly Bouchon. Molly passou a infância descobrindo cada canto e recanto de Raleigh antes de se mudar para Columbia, SC, para estudar na Universidade da Carolina do Sul. Depois de se formar em dezembro próximo, Molly planeja explorar novos terrenos na Califórnia, possivelmente continuar blogando. Esperamos que você goste desta abordagem gastronômica & # 8217s em sua cidade natal, Raleigh!

Você ouviu a tia Josie & # 8217s assumir Raleigh, NC & # 8211, mas agora vou dar um passo adiante: um guia local para os restaurantes animados, deliciosos e requintados de Raleigh, Carolina do Norte.

Raleigh não é a capital da Carolina do Norte por qualquer motivo. Entre os bairros históricos, cultura vibrante e natureza cosmopolita dinâmica, Raleigh também é único em sua comida it & # 8217s. Agora, eu não me chamaria exatamente de um conhecedor de alimentos & # 8216, & # 8217, mas ao longo dos meus 21 anos em Raleigh, certamente aprendi uma ou duas coisas. Abaixo, forneci 5 recomendações de restaurantes e # 8211 uma combinação de cozinha clássica para combinar com minhas novas descobertas agressivas na capital. Aproveitar!

A meca
A Meca é uma empresa familiar que abriu suas portas pela primeira vez em 1930. Agora no coração de Downtown Raleigh, este restaurante ainda mantém as mesmas cabines de cerejeira e letreiros de néon que tinha no dia da inauguração. Este é realmente um autêntico pedaço da história combinada com a culinária sulista original. A Meca tem uma das melhores lasanhas de carne caseiras que já provei. Não acredita em mim? Experimente você mesmo!
Preço: $

Sitti
Um achado delicioso na área da Fayetteville Street de Raleigh é o autêntico restaurante libanês chamado Sitti, que significa & # 8216avó & # 8217 Na outra semana, minha família e eu fizemos um desvio para experimentá-lo & # 8211 todos saímos completamente impressionados e com a barriga cheia para combinar. Para começar, eu recomendo comer 1 ou 2 porções de queijo de cabra recheado com pimenta. Existem apenas 3-4 pimentas por porção, então sugiro pedir mais de uma. Além disso, existem aqueles bons! Como prato principal, pedi os espetinhos de camarão e cobri com um chicote de alho picante. Foi inacreditável. Toda a comida era saborosa e fresca, e o layout era incrivelmente convidativo. Uma prova obrigatória se você estiver procurando por uma reviravolta surpreendente.
Preço: $$

crédito da foto: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Localizado no edifício histórico do antigo jornal Raleigh Times de 1906, o novo e aprimorado Raleigh Times Bar agora oferece aos locais uma seleção de bares desejável e uma atmosfera noturna ainda melhor. O Raleigh Times transmite a sensação vintage completa com uma vista fenomenal do telhado de Downtown Raleigh. Se vier, não deixe de provar os famosos nachos de porco de churrasco. Este é facilmente um dos pratos mais apreciados em Raleigh.
Preço: $

The Angus Barn
Para alarde & # 8211, considere este o epítome de um jantar sofisticado em Raleigh. Se você gosta de um bom bife, vai adorar o Big Red Barn. Eu tenho comido no The Angus Barn desde que me lembro, e nenhuma vez me lembro de ter algo menos que fabuloso. Tudo o que você pedir será preparado com perfeição e sabor ainda melhor. Além da comida celestial, você também pode desfrutar de vários lounges ao redor do prédio para relaxar ou charutos, ou optar por dar um passeio ao redor do pavilhão e do lago atrás do celeiro. Angus Barn é a mistura perfeita de country e luxo & # 8211 definitivamente obrigatório!
Preço: $$

crédito da foto: The Angus Barn

O pit
Agora, o que Raleigh seria sem um churrasco? The Pit, localizado no Warehouse District, serve autêntico churrasco cozido no caroço todos os dias para fazer jus à sua tradição lendária. O The Pit não está apenas repleto de clientes fiéis, mas também de recém-chegados de todas as partes que ouviram a mídia movimentando-se do The Food Network ao Good Morning America. Com a mania da nova mídia, é fácil ver por que The Pit tem algumas das melhores fatias de carne de porco do estado. Você não pode errar com qualquer um dos sabores ou estilos de churrasco servido no The Pit. Certifique-se de verificar os & # 8220Happenings & # 8221 em seu site para os próximos eventos!
Preço: $$

crédito da foto: Southern Sustenance


Um Foodie Local & # 8217s Take on Raleigh, NC

Esta semana & # 8217s Local & # 8217s Take é trazido para nós por Molly Bouchon. Molly passou a infância descobrindo cada canto e recanto de Raleigh antes de se mudar para Columbia, SC, para estudar na Universidade da Carolina do Sul. Depois de se formar em dezembro próximo, Molly planeja explorar novos terrenos na Califórnia, possivelmente continuar blogando. Esperamos que você goste desta abordagem gastronômica & # 8217s em sua cidade natal, Raleigh!

You’ve heard Aunt Josie’s take on Raleigh, NC – but now I’m going to take it a step further: A local’s guide to the lively, delectable and exquisite restaurants of Raleigh, North Carolina.

Raleigh is not the capital of North Carolina for just any reason. Between the historic neighborhoods, vibrant culture and dynamic cosmopolitan nature, Raleigh is also one-of-a-kind in it’s food. Now I wouldn’t exactly call myself a food ‘connoisseur,’ but throughout my 21 years in Raleigh I’ve certainly learned a thing or two. Below I have provided 5 restaurant recommendations – a combination of classic cuisine to match my feisty, new finds in the capital city. Aproveitar!

The Mecca
The Mecca is a family-run business, first opening its doors in 1930. Now in the heart of Downtown Raleigh, this restaurant still holds the same cherry booths and neon signs as it did on opening day. This truly is an authentic piece of history paired with original, southern cooking. The Mecca has one of the best homemade meat lasagnas I have ever had. Não acredita em mim? Try it for yourself!
Price: $

Sitti
A delicious find in the Fayetteville Street area of Raleigh is the authentic Lebanese restaurant called Sitti, meaning ‘grandmother.’ Just the other week, my family and I took a detour to try it out – we all left thoroughly impressed and with full bellies to match. For starters, I’d recommend getting 1 or 2 servings of the Goat Cheese Stuffed Peppers. There are only 3-4 peppers per serving, so I suggest ordering more than one. Plus, there are just that good! For my main dish, I ordered the Shrimp Kabobs and topped them with a spicy garlic whip. Foi inacreditável. All of the food was flavorful and fresh, and the layout was incredibly inviting. A must-try if you are looking for a surprising twist.
Price: $$

photo credit: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Located in the historic building for the former Raleigh Times Newspaper of 1906, the new and improved Raleigh Times Bar now provides locals with a desirable bar selection and even better nighttime atmosphere. The Raleigh Times gives off the vintage feel complete with a phenomenal rooftop view of Downtown Raleigh. If you visit, be sure to try the famous BBQ Pork Nachos. This is easily one of the most beloved dishes in Raleigh.
Price: $

The Angus Barn
For a splurge – consider this the epitome of fine dining in Raleigh. If y’all like great steak, you will love the Big Red Barn. I have been eating at The Angus Barn for as long as I can remember, and not once can I remember having anything short of fabulous. Everything you order will be cooked to perfection and taste even better. Aside from the heavenly food, you can also enjoy various lounges around the building for relaxation or cigars, or choose to take a stroll around the pavilion and lake behind the barn. Angus Barn is the perfect blend of country and luxury – a definite must-go!
Price: $$

photo credit: The Angus Barn

O pit
Now, what would Raleigh be without some BBQ? The Pit, located in the Warehouse District, serves authentic pit-cooked barbecue every day to live up to their legendary tradition. Not only is The Pit packed with loyal customers, but also newcomers from all around who have heard the media buzzing from The Food Network to Good Morning America. With the new media craze, it’s easy to see why The Pit has some of the best pulled pork in the state. You can’t go wrong with any one of the flavors or styles of BBQ served at The Pit. Be sure to check out the “Happenings” on their site for upcoming events!
Price: $$

photo credit: Southern Sustenance


A Local Foodie’s Take on Raleigh, NC

This week’s Local’s Take is brought to us by Molly Bouchon. Molly spent her childhood uncovering every nook and cranny of Raleigh before moving to Columbia, SC to attend The University of South Carolina. After graduating this coming December, Molly plans to explore new terrain out in California, possibly continue blogging. We hope you enjoy this foodie’s take on her hometown of Raleigh!

You’ve heard Aunt Josie’s take on Raleigh, NC – but now I’m going to take it a step further: A local’s guide to the lively, delectable and exquisite restaurants of Raleigh, North Carolina.

Raleigh is not the capital of North Carolina for just any reason. Between the historic neighborhoods, vibrant culture and dynamic cosmopolitan nature, Raleigh is also one-of-a-kind in it’s food. Now I wouldn’t exactly call myself a food ‘connoisseur,’ but throughout my 21 years in Raleigh I’ve certainly learned a thing or two. Below I have provided 5 restaurant recommendations – a combination of classic cuisine to match my feisty, new finds in the capital city. Aproveitar!

The Mecca
The Mecca is a family-run business, first opening its doors in 1930. Now in the heart of Downtown Raleigh, this restaurant still holds the same cherry booths and neon signs as it did on opening day. This truly is an authentic piece of history paired with original, southern cooking. The Mecca has one of the best homemade meat lasagnas I have ever had. Não acredita em mim? Try it for yourself!
Price: $

Sitti
A delicious find in the Fayetteville Street area of Raleigh is the authentic Lebanese restaurant called Sitti, meaning ‘grandmother.’ Just the other week, my family and I took a detour to try it out – we all left thoroughly impressed and with full bellies to match. For starters, I’d recommend getting 1 or 2 servings of the Goat Cheese Stuffed Peppers. There are only 3-4 peppers per serving, so I suggest ordering more than one. Plus, there are just that good! For my main dish, I ordered the Shrimp Kabobs and topped them with a spicy garlic whip. Foi inacreditável. All of the food was flavorful and fresh, and the layout was incredibly inviting. A must-try if you are looking for a surprising twist.
Price: $$

photo credit: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Located in the historic building for the former Raleigh Times Newspaper of 1906, the new and improved Raleigh Times Bar now provides locals with a desirable bar selection and even better nighttime atmosphere. The Raleigh Times gives off the vintage feel complete with a phenomenal rooftop view of Downtown Raleigh. If you visit, be sure to try the famous BBQ Pork Nachos. This is easily one of the most beloved dishes in Raleigh.
Price: $

The Angus Barn
For a splurge – consider this the epitome of fine dining in Raleigh. If y’all like great steak, you will love the Big Red Barn. I have been eating at The Angus Barn for as long as I can remember, and not once can I remember having anything short of fabulous. Everything you order will be cooked to perfection and taste even better. Aside from the heavenly food, you can also enjoy various lounges around the building for relaxation or cigars, or choose to take a stroll around the pavilion and lake behind the barn. Angus Barn is the perfect blend of country and luxury – a definite must-go!
Price: $$

photo credit: The Angus Barn

O pit
Now, what would Raleigh be without some BBQ? The Pit, located in the Warehouse District, serves authentic pit-cooked barbecue every day to live up to their legendary tradition. Not only is The Pit packed with loyal customers, but also newcomers from all around who have heard the media buzzing from The Food Network to Good Morning America. With the new media craze, it’s easy to see why The Pit has some of the best pulled pork in the state. You can’t go wrong with any one of the flavors or styles of BBQ served at The Pit. Be sure to check out the “Happenings” on their site for upcoming events!
Price: $$

photo credit: Southern Sustenance


A Local Foodie’s Take on Raleigh, NC

This week’s Local’s Take is brought to us by Molly Bouchon. Molly spent her childhood uncovering every nook and cranny of Raleigh before moving to Columbia, SC to attend The University of South Carolina. After graduating this coming December, Molly plans to explore new terrain out in California, possibly continue blogging. We hope you enjoy this foodie’s take on her hometown of Raleigh!

You’ve heard Aunt Josie’s take on Raleigh, NC – but now I’m going to take it a step further: A local’s guide to the lively, delectable and exquisite restaurants of Raleigh, North Carolina.

Raleigh is not the capital of North Carolina for just any reason. Between the historic neighborhoods, vibrant culture and dynamic cosmopolitan nature, Raleigh is also one-of-a-kind in it’s food. Now I wouldn’t exactly call myself a food ‘connoisseur,’ but throughout my 21 years in Raleigh I’ve certainly learned a thing or two. Below I have provided 5 restaurant recommendations – a combination of classic cuisine to match my feisty, new finds in the capital city. Aproveitar!

The Mecca
The Mecca is a family-run business, first opening its doors in 1930. Now in the heart of Downtown Raleigh, this restaurant still holds the same cherry booths and neon signs as it did on opening day. This truly is an authentic piece of history paired with original, southern cooking. The Mecca has one of the best homemade meat lasagnas I have ever had. Não acredita em mim? Try it for yourself!
Price: $

Sitti
A delicious find in the Fayetteville Street area of Raleigh is the authentic Lebanese restaurant called Sitti, meaning ‘grandmother.’ Just the other week, my family and I took a detour to try it out – we all left thoroughly impressed and with full bellies to match. For starters, I’d recommend getting 1 or 2 servings of the Goat Cheese Stuffed Peppers. There are only 3-4 peppers per serving, so I suggest ordering more than one. Plus, there are just that good! For my main dish, I ordered the Shrimp Kabobs and topped them with a spicy garlic whip. Foi inacreditável. All of the food was flavorful and fresh, and the layout was incredibly inviting. A must-try if you are looking for a surprising twist.
Price: $$

photo credit: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Located in the historic building for the former Raleigh Times Newspaper of 1906, the new and improved Raleigh Times Bar now provides locals with a desirable bar selection and even better nighttime atmosphere. The Raleigh Times gives off the vintage feel complete with a phenomenal rooftop view of Downtown Raleigh. If you visit, be sure to try the famous BBQ Pork Nachos. This is easily one of the most beloved dishes in Raleigh.
Price: $

The Angus Barn
For a splurge – consider this the epitome of fine dining in Raleigh. If y’all like great steak, you will love the Big Red Barn. I have been eating at The Angus Barn for as long as I can remember, and not once can I remember having anything short of fabulous. Everything you order will be cooked to perfection and taste even better. Aside from the heavenly food, you can also enjoy various lounges around the building for relaxation or cigars, or choose to take a stroll around the pavilion and lake behind the barn. Angus Barn is the perfect blend of country and luxury – a definite must-go!
Price: $$

photo credit: The Angus Barn

O pit
Now, what would Raleigh be without some BBQ? The Pit, located in the Warehouse District, serves authentic pit-cooked barbecue every day to live up to their legendary tradition. Not only is The Pit packed with loyal customers, but also newcomers from all around who have heard the media buzzing from The Food Network to Good Morning America. With the new media craze, it’s easy to see why The Pit has some of the best pulled pork in the state. You can’t go wrong with any one of the flavors or styles of BBQ served at The Pit. Be sure to check out the “Happenings” on their site for upcoming events!
Price: $$

photo credit: Southern Sustenance


A Local Foodie’s Take on Raleigh, NC

This week’s Local’s Take is brought to us by Molly Bouchon. Molly spent her childhood uncovering every nook and cranny of Raleigh before moving to Columbia, SC to attend The University of South Carolina. After graduating this coming December, Molly plans to explore new terrain out in California, possibly continue blogging. We hope you enjoy this foodie’s take on her hometown of Raleigh!

You’ve heard Aunt Josie’s take on Raleigh, NC – but now I’m going to take it a step further: A local’s guide to the lively, delectable and exquisite restaurants of Raleigh, North Carolina.

Raleigh is not the capital of North Carolina for just any reason. Between the historic neighborhoods, vibrant culture and dynamic cosmopolitan nature, Raleigh is also one-of-a-kind in it’s food. Now I wouldn’t exactly call myself a food ‘connoisseur,’ but throughout my 21 years in Raleigh I’ve certainly learned a thing or two. Below I have provided 5 restaurant recommendations – a combination of classic cuisine to match my feisty, new finds in the capital city. Aproveitar!

The Mecca
The Mecca is a family-run business, first opening its doors in 1930. Now in the heart of Downtown Raleigh, this restaurant still holds the same cherry booths and neon signs as it did on opening day. This truly is an authentic piece of history paired with original, southern cooking. The Mecca has one of the best homemade meat lasagnas I have ever had. Não acredita em mim? Try it for yourself!
Price: $

Sitti
A delicious find in the Fayetteville Street area of Raleigh is the authentic Lebanese restaurant called Sitti, meaning ‘grandmother.’ Just the other week, my family and I took a detour to try it out – we all left thoroughly impressed and with full bellies to match. For starters, I’d recommend getting 1 or 2 servings of the Goat Cheese Stuffed Peppers. There are only 3-4 peppers per serving, so I suggest ordering more than one. Plus, there are just that good! For my main dish, I ordered the Shrimp Kabobs and topped them with a spicy garlic whip. Foi inacreditável. All of the food was flavorful and fresh, and the layout was incredibly inviting. A must-try if you are looking for a surprising twist.
Price: $$

photo credit: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Located in the historic building for the former Raleigh Times Newspaper of 1906, the new and improved Raleigh Times Bar now provides locals with a desirable bar selection and even better nighttime atmosphere. The Raleigh Times gives off the vintage feel complete with a phenomenal rooftop view of Downtown Raleigh. If you visit, be sure to try the famous BBQ Pork Nachos. This is easily one of the most beloved dishes in Raleigh.
Price: $

The Angus Barn
For a splurge – consider this the epitome of fine dining in Raleigh. If y’all like great steak, you will love the Big Red Barn. I have been eating at The Angus Barn for as long as I can remember, and not once can I remember having anything short of fabulous. Everything you order will be cooked to perfection and taste even better. Aside from the heavenly food, you can also enjoy various lounges around the building for relaxation or cigars, or choose to take a stroll around the pavilion and lake behind the barn. Angus Barn is the perfect blend of country and luxury – a definite must-go!
Price: $$

photo credit: The Angus Barn

O pit
Now, what would Raleigh be without some BBQ? The Pit, located in the Warehouse District, serves authentic pit-cooked barbecue every day to live up to their legendary tradition. Not only is The Pit packed with loyal customers, but also newcomers from all around who have heard the media buzzing from The Food Network to Good Morning America. With the new media craze, it’s easy to see why The Pit has some of the best pulled pork in the state. You can’t go wrong with any one of the flavors or styles of BBQ served at The Pit. Be sure to check out the “Happenings” on their site for upcoming events!
Price: $$

photo credit: Southern Sustenance


A Local Foodie’s Take on Raleigh, NC

This week’s Local’s Take is brought to us by Molly Bouchon. Molly spent her childhood uncovering every nook and cranny of Raleigh before moving to Columbia, SC to attend The University of South Carolina. After graduating this coming December, Molly plans to explore new terrain out in California, possibly continue blogging. We hope you enjoy this foodie’s take on her hometown of Raleigh!

You’ve heard Aunt Josie’s take on Raleigh, NC – but now I’m going to take it a step further: A local’s guide to the lively, delectable and exquisite restaurants of Raleigh, North Carolina.

Raleigh is not the capital of North Carolina for just any reason. Between the historic neighborhoods, vibrant culture and dynamic cosmopolitan nature, Raleigh is also one-of-a-kind in it’s food. Now I wouldn’t exactly call myself a food ‘connoisseur,’ but throughout my 21 years in Raleigh I’ve certainly learned a thing or two. Below I have provided 5 restaurant recommendations – a combination of classic cuisine to match my feisty, new finds in the capital city. Aproveitar!

The Mecca
The Mecca is a family-run business, first opening its doors in 1930. Now in the heart of Downtown Raleigh, this restaurant still holds the same cherry booths and neon signs as it did on opening day. This truly is an authentic piece of history paired with original, southern cooking. The Mecca has one of the best homemade meat lasagnas I have ever had. Não acredita em mim? Try it for yourself!
Price: $

Sitti
A delicious find in the Fayetteville Street area of Raleigh is the authentic Lebanese restaurant called Sitti, meaning ‘grandmother.’ Just the other week, my family and I took a detour to try it out – we all left thoroughly impressed and with full bellies to match. For starters, I’d recommend getting 1 or 2 servings of the Goat Cheese Stuffed Peppers. There are only 3-4 peppers per serving, so I suggest ordering more than one. Plus, there are just that good! For my main dish, I ordered the Shrimp Kabobs and topped them with a spicy garlic whip. Foi inacreditável. All of the food was flavorful and fresh, and the layout was incredibly inviting. A must-try if you are looking for a surprising twist.
Price: $$

photo credit: Southern Secrets Carolina Style

The Raleigh Times Bar
Located in the historic building for the former Raleigh Times Newspaper of 1906, the new and improved Raleigh Times Bar now provides locals with a desirable bar selection and even better nighttime atmosphere. The Raleigh Times gives off the vintage feel complete with a phenomenal rooftop view of Downtown Raleigh. If you visit, be sure to try the famous BBQ Pork Nachos. This is easily one of the most beloved dishes in Raleigh.
Price: $

The Angus Barn
For a splurge – consider this the epitome of fine dining in Raleigh. If y’all like great steak, you will love the Big Red Barn. I have been eating at The Angus Barn for as long as I can remember, and not once can I remember having anything short of fabulous. Everything you order will be cooked to perfection and taste even better. Aside from the heavenly food, you can also enjoy various lounges around the building for relaxation or cigars, or choose to take a stroll around the pavilion and lake behind the barn. Angus Barn is the perfect blend of country and luxury – a definite must-go!
Price: $$

photo credit: The Angus Barn

O pit
Now, what would Raleigh be without some BBQ? The Pit, located in the Warehouse District, serves authentic pit-cooked barbecue every day to live up to their legendary tradition. Not only is The Pit packed with loyal customers, but also newcomers from all around who have heard the media buzzing from The Food Network to Good Morning America. With the new media craze, it’s easy to see why The Pit has some of the best pulled pork in the state. You can’t go wrong with any one of the flavors or styles of BBQ served at The Pit. Be sure to check out the “Happenings” on their site for upcoming events!
Price: $$

photo credit: Southern Sustenance


Assista o vídeo: French Broad river Asheville NC January 2nd 2018 (Agosto 2022).